Guarde este nome: Priyanka Chopra.


A rede norte-americana ABC investiu pesado para emplacar sua grande aposta nesta temporada. Levou para os Estados Unidos Priyanka Chopra, uma das atrizes mais bem pagas do mundo, para ser a protagonista da série policial Quantico, que estreia nesta segunda (26) no canal AXN. A produção mostra a caça ao responsável pelo maior ataque terrorista em território norte-americano desde o 11 de Setembro. A novidade é que o principal suspeito é um recruta do FBI, que deveria proteger o país do terrorismo.

Estrela de primeira grandeza de Bollywood, como é chamado o cinema indiano, Priyanka interpreta esse supeito. Miss Mundo de 2000, Pryianka começou a carreira no cinema dois anos depois. De lá para cá,  atuou em 53 filmes. Estima-se que a indiana ganhará neste ano cerca de US$ 50 milhões (R$ 194,5 milhões), apenas US$ 2 milhões a menos do que Jennifer Lawrence, de Jogos Vorazes, a mais bem paga dos EUA, segundo a revista Forbes.

Quantico é a primeira série de TV de Priyanka, que foi apresentadora da versão indiana do reality show Hipertensão. Alex Parrish, a personagem de Priyanka, é apontada como mentora da explosão da Grand Central Terminal, a estação de trem mais movimentada de Nova York.

A explosão é apresentada em flashforward, ou seja, com imagens que vão ocorrer no futuro. O tempo presente, nove meses antes do ataque, traz seis jovens aspirantes a agente do FBI na academia da polícia, localizada na cidade de Quantico, no Estado da Virginia. Paralelamente às tarefas que cada um deles tem de executar para merecer uma vaga, são mostradas as histórias dos personagens. O telespectador vai recebendo dicas em pequenas doses de quem pode ser o futuro terrorista.

Na academia, Alex fez amizade com Ryan Booth (Jake McLaughlin). Tudo começa com um encontro "casual" no avião, que resulta numa transa rápida dentro de um carro. O encontro não foi tão sem querer. Booth é um agente do FBI à paisana, escalado para ficar na cola de Alex.

Outros recrutas também levantam suspeita. Shelby Wyatt (Johanna Braddy) entrou para o FBI por ter sede de justiça: seus pais morreram nos ataques de 11 de Setembro. Já Simon Asher (Tate Ellington) tem uma passado mal explicado. Judeu, trabalhava para o governo de Israel e passou a defender a causa palestina.

O piloto apresenta vários pontos obscuros de cada personagem. Vale ficar de olho em dois diretores do FBI que agem de forma estranha com os recrutas. No passado, Liam O'Connor (Josh Hopkins) seria expulso do FBI por má conduta, mas foi salvo por Miranda Shaw (Aunjanue Ellis), a manda-chuva de Quantico. Nas cenas no futuro, Miranda ajudará Alex a se livrar da suspeita pelo atentado.

VIA
Compartilhe no Google+

Postagem de Unknown

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial